Jucesc – Abertura de Empresa Online

Associação dos Caçambeiros denuncia meio ambiente de Joinville

O empresário Gilson Holz, pcentro de reciclagem da Ajoteresidente da Ajotre, Associação dos Caçambeiros de Joinville e região, está dando entrada com pedido de investigação contra o Secretário do Meio Ambiente de Joinville, Jonas de Medeiros, com acusações de beneficiamento de terceiros em detrimento da categoria que preside,

De acordo com Gilson, a secretaria tem buscado defender uma outra empresa de Joinville que até recentemente não tinha licença ambiental para trabalhar. Holz chegou a falar em ‘’forças ocultas’’ atuando contra a usina de produtos reciclados que transformam o lixo recolhido em lajotas ecológicas que servirão para pavimentação de ruas de Joinville a custo quase zero.

Gilson Holz tem documentos que demonstram a tal empresa supostamente protegida pela secretaria, sendo pega enterrando lixo quando deveria encaminhar os detritos até o aterro sanitário, tendo inclusive uma ação judicial contra a tal empresa pelo crime ecológico, afirma o presidente da Ajotre.
O projeto inicial era de recolher os  resíduos da Construção Civil que teriam  um destino apropriado previsto para agosto de 2016, em Joinville. A Associação Joinvilense de Condutores de Transporte de Resíduos (Ajotre) está à frente do projeto que dará um destino mais nobre ao material descartados nas obras.

CENTRAL DE RECICLAGEM

Central de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil, conta com um investimento de R$ 1,8 milhão e  deveria ocupar uma área de 11,2 mil metros quadrados ao lado da Penitenciária Industrial de Joinville, na rua Boehmerwald, no Parque Guarani.

Alguma coisa aconteceu nos bastidores do meio ambiente de Joinville, que boicotou o empreendimento fazendo com que a Ajotre perdesse aproximadamente R$ 200 mil da terraplanagem feita, conforme a foto.

Agora a associação estuda a possibilidade de instalar a central de reciclagem no vizinho municipio de Araquari.

O empresário que preside a Ajotre tem certeza que o prefeito Udo Dohler desconhece essas irregularidades

CAMINHÕES NA RUA

Gilson Holz que está solicitando uma reunião com o Secretário de Meio Ambiente, Jonas de Medeiros e o prefeito Udo Dohler para buscar uma solução para o impasse, avisa que se nada for feito, a entidade poderá tomar uma decisão drástica como trancar ruas em Joinville com os caminhões caçambeiros dos integrantes da associação.

Lembra o presidente da Ajotre que o  pedido para reunião com o prefeito já está protocolado desde o dia 21 de março

Nesta sexta-feira que vem será a data máxima que a Ajotre pretende aguardar por uma decisão da prefeitura, avisa.

Verificar também

EMPRESÁRIOS QUEREM AÇÃO CONTRA ROUBO DE CARGAS

Se continuar nessa média de roubo de cargas, o índice pode ultrapassar os números de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*