Pré Lançamento Livro

MAURICIO PEIXER VOTOU CONTRA PROJETO DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO

” Não sou contra o estacionamento rotativo, que é uma necessidade. Porém fui contra a forma e os critérios como houve a aprovação”, explicou o vereador Mauricio Peixer, do PR. Efetivamente causou espanto e indignação da comunidade de Joinville a aprovação do projeto que penaliza os motoristas que ultrapassarem o tempo previsto nos cartões de estacionamento em R$ 195, 00 e mais cinco pontos na carteira de motorista. O critério anteriormente utilizado obrigava o motorista adquirir 10 cartelas após receber a notificação pelo tempo estourado, como uma multa administrativa.

Alegando estar seguindo o Código Nacional de Trânsito a municipalidade encaminhou à Câmara que aprovou por maioria de votos, a exceção foi Mauricio Peixer, as novas regras que com certeza vão penalizar ainda mais o joinvilense em seu já combalido bolso.

Entidades como a CDL, a imprensa e a opinião pública vinham pedindo o retorno do estacionamento rotativo em vias públicas, mas da forma como foi feita, trouxe indignação à maioria da população.

Multa de 195 reais e cinco pontos na carteira demonstram o espírito leonino de quem não tem sensibilidade popular.

O presidente do PDT de Joinville, Rodrigo Bornholdt, também se posicionou nas redes sociais contra os termos da nova lei do estacionamento rotatativo.

O vereador Fernando Krelling, presidente da Câmara, não votou o projeto.

Verificar também

TEM GENTE BLEFANDO NA POLITICA DE SANTA CATARINA

Coisa de louco na politica de SC onde os bastidores estão fervilhando. É claro que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*