Jucesc – Abertura de Empresa Online

VEREADOR RICHARD QUER CAMPANHA CONTRA O ASSÉDIO SEXUAL EM JOINVILLE

O vereador Richard Harrison, PSDB de Joinvile,  aguarda que neste ano de 2018 seja implantada efetivamente a sua proposta  que estabelece ações para conscientizar a comunidade contra o assédio sexual. Por meio do Projeto de Lei 454/2017, o parlamentar busca instituir em Joinville a campanha “Rompa o silencio, assédio sexual no ônibus é crime”. Tanto no interior dos veículos, quanto em telas dispostas em terminais, deverão conter orientações acerca das medidas a serem adotadas pelas vítimas de abuso sexual para identificação do agressor e efetiva denúncia.

As agressões e assédio às mulheres tem crescido em Joinville, mas por temor ou desinformação, as ocorrências não são denunciadas.

Muitas vezes por constrangimento ou por falta de conhecimento de como proceder, a vítima deixa de denunciar a violência. “Esses abusos sexuais são crimes silenciosos. Muitas vítimas acabam não denunciando por medo ou por vergonha, carregando consigo o trauma sofrido”, afirma Richard Harrison. Segundo o vereador, “qualquer ato que combata tal tipo de crime é um ganho importante, visto os problemas que decorrem dos abusos, com danos muitas vezes irreversíveis à saúde física, social e mental da vítima”.

Com a fixação de avisos informando o tipo penal e o incentivo à denúncia, espera-se encorajar a vítima e a sociedade a combater esse tipo de crime. A campanha é focada em usuários de ônibus, visto relatos frequentes nos transportes coletivos, principalmente quando há aglomerações.

O projeto prevê, ainda, a parceria entre empresas de transporte coletivo e setores públicos ou instituições não governamentais para capacitar e treinar os trabalhadores do transporte público coletivo de passageiros sobre como agir em casos de abuso sexual contra qualquer pessoa.

Verificar também

CLENILTON QUER ROMPER CONVÊNIO COM A CASAN

O assunto é antigo assim como o desejo da Prefeitura de Araquari de romper o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*