Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

Deputado Kennedy Nunes e o empresário e ex-secretário Nacional da Pesca, Jorge Seif Junior buscam o apoio de Bolsonaro

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?
O problema maior parece residir na campanha para o Senado, onde o deputado Kennedy Nunes se apresenta como bolsonarista de cruz na testa reivindicando o apoio do presidente Jair Bolsonaro.
Na outra ponta aparece o empresário do ramo de pescados Jorge Seif Junior, ex-secretário Nacional da Pesca.
Júnior foi lançado candidato ao Senado pelo PL, partido pelo qual o senador Jorginho Mello vai disputar o Governo do Estado, também pelo Partido Liberal.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?
Kennedy já andou mobilizando várias denominações evangélicas para levar até ao presidente Jair Bolsonaro o apelo para que reveja essa situação e declare seu apoio ao candidato de Joinville.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

BESTEIROL DE LULA FAZ BOLSONARO CRESCER
Recentemente um líder do petismo afirmou que Lula pode correr o risco de perder para ele mesmo. Depois de institutos apontarem o ex-condenado na frente em diversas amostragens, as últimas pesquisas tem mostrado inequívoca recuperação de Bolsonaro que em vários Estados já ultrapassou o candidato do PT.
Sóbrio ou não, o líder petista tem aberto a boca para discursos que são verdadeiro tiro no pé como a fala em favor do aborto e o preconceito demonstrado contra os policiais militares.
Em síntese Lula. disse que interrupção da gravidez é questão de saúde pública, falou que classe média ostenta e ameaçou demitir militares

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

EM SÃO PAULO, BOLSONARO ESTÁ NA FRENTE
O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece numericamente na frente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Estado de São Paulo, de acordo com o levantamento do instituto Paraná Pesquisas, realizado entre os dias 24 e 29 de abril e divulgado neste sábado, 30.
Em relação à última pesquisa, houve uma inversão de posições entre os dois principais postulantes ao Palácio do Planalto.
No principal cenário, que inclui o nome do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB), Bolsonaro tem 35,8% das intenções de voto contra 34,9% do petista.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

CRESCEU CINCO PONTOS
O Paraná Pesquisas ouviu 1.820 eleitores em 78 municípios de São Paulo, por meio de entrevistas pessoais e presenciais, e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número BR-07854/2022.
A diferença está dentro da margem de erro de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos.
Entre os entrevistados, 9,7% afirmaram que não irão votar em nenhum deles, anular o voto ou votar em branco. Outros 4,3% não souberam ou não quiseram responder.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

CIRO E DÓRIA PATINAM
No final do mês de março, Lula tinha 34,1% das intenções de voto, ante 31% do atual chefe do Executivo. Ou seja, em um intervalo de um mês, Bolsonaro, que busca a reeleição, cresceu quase cinco pontos percentuais.
A pesquisa também mostra Doria, que deixou o Palácio dos Bandeirantes há um mês, com 5,5% das intenções de voto, empatado com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que tem 5,4% da preferência do eleitor paulista.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

NA RABEIRA DAS PREFERÊNCIAS
A senadora Simone Tebet (MDB), de atuação polêmica na CPI da Covid-19, vai mal.
Aparece com 1,9%, seguida por AndJanones (Avanteque tem 1,2%, Luciano Bivar (União Brasil), com 0,6% e Luiz Felipe D’Ávila (Novo), com 0,6%.
O nome de Bivar, que comanda o partido que surgiu da fusão entre DEM e PSL, não havia sido incluído na pesquisa de março.
Outra diferença entre os dois últimos levantamentos é que, no último mês, o ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro, que trocou o Podemos pelo União, somava 9,7% das intenções de voto.
Na pesquisa de abril, no entanto, Moro não aparece como postulante – o ex-magistrado enfrenta resistência de uma ala da sigla ligada ao ex-prefeito de Salvador ACM Neto e disse, na segunda-feira, 25, em sabatina ao portal UOL, que pode não ser candidato “a nada”.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

JORGINHO E MOISÉS NA FRENTE
Os números em Santa Catarina estão, por enquanto, equilibrados. O Instituto de Pesquisa Catarinense apontou: Carlos Moises (Republicanos) 19,3%; Jorginho Mello (PL), 18,6%; Gean Loureiro (UB) 11,6%; Décio Lima (PT) 7,7%, Antídio Lunelli (MDB) 5,7%; e Odair Tramontin (Novo) 5,6%.
Detalhe: 20% não votariam em nenhum dos candidatos apresentados.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

ENIGMAS NO VÔO DE MOISÉS
Esta expirando o prazo. O deputado Bruno Souza (NOVO) impetrou Mandado de Segurança na Vara da Fazenda Pública de Florianópolis para ter acesso aos diários de bordo do Arcanjo-06 – um avião ambulância utilizado pelo Corpo de Bombeiros no resgate de vítimas em situação grave – em deslocamentos a pedido da Casa Civil.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?
A suspeita é que a aeronave tem sido utilizada de forma indevida pelos secretários e pelo governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva para vôos particulares com o dinheiro público.

RESPOSTA NEGADA
Na época o deputado denunciou o uso irregular da aeronave. Entre as utilizações, consta uma viagem a Bonito (MS) que, até agora, não teve a finalidade esclarecida. O avião foi para o local no dia 20 de janeiro e voltou em 25 de janeiro, possivelmente para levar e buscar o governador. Somente estes deslocamentos custaram cerca de R$ 150 mil aos cofres públicos.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

OS DIÁRIOS DE BORDO
Imediatamente Bruno encaminhou ofício solicitando os documentos, mas não obteve resposta. Também esteve cinco vezes no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina solicitando os diários de bordo. No dia 29/03, em nova visita ao local, sob justificação de proteção de dados pessoais dos tripulantes, o deputado foi informado que as informações solicitadas não seriam entregues, mesmo sendo processos públicos que devem estar disponíveis e acessíveis.
O deputado pretende acabar "com as farras do transporte aéreo por conta do erário público".

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

VEREADOR PUNIDO POR APALPAR AS NÁDEGAS DE EMPRESÁRIA
A história ganhou dimensão nacional após a sua divulgação. O vereador Senor Anselmini (PP), do município de Caibi, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, foi afastado por 12 meses após ter sido flagrado apalpando as nádegas de uma empresária da cidade.
As imagens foram parar na rede social de todo o Brasil. O caso, denunciado como importunação sexual, ocorreu durante festividades do Natal de 2021.


Na opinião do coronel Nelson Coelho, o vereador deveria ter sido preso em flagrante pelo crime de assédio sexual.
Por maioria, 5 votos a 4, foi definida a pena média de 12 meses para suspensão do vereador.
O cumprimento da pena passou a valer a partir do dia 1º de maio, de acordo com a Câmara de Vereadores.

BEN-HUR E MESSALA
Seria o atual momento copiando a ficção? Qual a realidade da relação entre o deputado federal Carlos Chiodini e o ex-prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli.
Chiodini tem se aproximado de Carlos Moisés e quer levar o MDB para apoiar a reeleição do governador. Ambos são da mesma base eleitoral e salvo melhor juízo até recentemente irmanados.
Há mais mistérios nessa história que aviões no ar.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

PENSANDO ALTO
É intensa a busca por bons assessores de campanha em Joinville. Alguns vão trabalhar para um, dois, três.
Fidelidade nesse ramo é coisa rara.

DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para DE QUEM SERÁ O APOIO DE BOLSONARO EM SC?

Enviando Comentário Fechar :/