ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

HOMEM FORTE DA IMPRENSA DE UDO FOI DENUNCIADO AO TCE E MINISTÉRIO PÚBLICO

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA 

Em nota divulgada por sua assessoria, o vereador Odir Nunes, PSDB, comunicou que não pretende disputar a reeleição. A noticia chega após o vereador ter desistido de disputar a indicação para concorrer a prefeito na convenção do partido, que aconteceu no dia 31 de Agosto.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

1- NOTA DE ODIR

"Venho publicamente manifestar meu posicionamento aos amigos, companheiros de muitas batalhas e à imprensa. Antes, agradeço aos meus eleitores, pela confiança e apoio recebido desde minha primeira eleição, em 1988. Nessas mais de três décadas, participei de forma atuante no desenvolvimento de Joinville, em especial do Distrito de Pirabeiraba. Participei ativamente das gestões dos saudosos Luiz Gomes, Wittich Freitag, Luiz Henrique e Marco Tebaldi, grandes gestores e durante esses governos fui quatro vezes secretário do município onde junto com eles realizei importantes obras que contribuíram para com o desenvolvimento da nossa cidade. Como diretor regional da Casan pude contribuir com a expansão da rede de água em diversas regiões onde antes não eram atendidas". 

2- NOTA DO ODIR

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

"Nos últimos anos me dediquei a fiscalizar e cobrar a atual gestão, autoritária e sem sensibilidade social. Após oito mandatos, sem nenhuma mácula e após muitas conversas com amigos e atendendo um pedido muito especial de minha família, não irei disputar a eleição municipal para nenhum cargo em 2020.

Continuarei contribuindo com minha experiência e aprendizados que acumulei ao longo dessa jornada, com os candidatos de meu partido para que atuem e exerçam a vereança em sua plenitude. 

Nesse momento a palavra é de "GRATIDÃO” por tudo e a todos. "COMBATI O BOM COMBATE, ACABEI A CARREIRA, GUARDEI A FÉ”. Deus abençoe meus amigos".

Vereador Odir Nunes.

VEM SURPRESA

O Diretor da Síntese Pesquisa Alcimar Fernandes me garantiu que pelos números tabulados até agora, vem surpresa na revelação da corrida eleitoral de Joinville, pelo menos nesta primeira fase.

Me disse Fernandes: "Toninho só dando um feedback com relação a pesquisa, infelizmente em função da chuva, do frio e da pandemia hoje não conseguimos atingir nossas metas, ficaram faltando ainda 98 pesquisas para amanhã no período da manhã. Isso quer dizer que estamos então com 1402 entrevistas concluídas,1100 já tratadas e digitadas. Amanhã cedo entram mais 302 pesquisas no sistema. já tenho uma parcial de 1100 amostras e amanhã até 10h30 vou ter uma parcial de 1.408 pesquisas concluidas. O que quer dizer que daqui para frente muda muita pouca coisa nos números e posicionamentos. O que posso te adiantar é que vamos ter algumas surpresas.’’

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

HOMEM DA IMPRENSA  DE UDO FOI DENUNCIADO AO TCE E MINISTÉRIO PÚBLICO

O imbróglio já está no ar. O Tribunal de Contas do Estado aceitou denúncia contra o ex-secretário de Comunicação Marco Aurelio Braga Rodrigues em razão de possíveis irregularidades nas despesas com pagamentos de serviços de publicidade efetuados pela Prefeitura de Joinville.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

Por sua vez, o Ministério Público de Contas, por meio do Parecer n° 1235/2020, às fls. 198 a 200, manifestou-se também pelo conhecimento da representação, bem como pela determinação de apuração dos fatos apontados como irregulares. A informação veio a público através do advogado Marcelo Artilheiro, mas como outras denúncias contra a prefeitura foram "engavetadas’’ pela chamada grande mídia de Joinville.

"PAGAMENTOS’’

Na decisão pelo processo  Nº:@REP 19/00877900 da unidade gestora Prefeitura Municipal de Joinville que tinha á época como responsável o sr. Marco Aurelio Braga Rodrigues e interessados a Câmara Municipal de Joinville e Prefeitura Municipal de Joinville, tendo como assunto "Possíveis irregularidades nas despesas com pagamentos de serviços de publicidade efetuados pela Prefeitura de Joinville, por intermédio de sua Secretaria de Comunicação. O processo tem como relator o Conselheiro  José Nei Alberton.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

INDÍCIOS DE PROVA 

De acordo com o processo "Tratam os autos de Representação decorrente de expediente encaminhado a esta Corte de Contas por vereadores do município de Joinville, acerca de possíveis irregularidades nas despesas com pagamentos de serviços de publicidade efetuados pela Prefeitura de Joinville, por intermédio de sua Secretaria de Comunicação. A Diretoria de Contas de Gestão – DGCE examinou a documentação encaminhada pelos representantes e emitiu o Relatório nº 210/2020, às fls. 188/197, concluindo que não estão atendidos os requisitos de admissibilidade da Representação previstos nas normas legais e regimentais, pois houve o descumprimento do artigo 96, §1º, I, do Regimento Interno, já que a exordial não está acompanhada dos documentos oficiais com foto e assinatura. Contudo, segundo a área técnica os demais requisitos de admissibilidade da representação foram preenchidos: está acompanhada de indícios de prova, os agentes públicos responsáveis pela gestão da Prefeitura de Joinville sujeitam-se à jurisdição desta Corte de Contas, e está redigida em linguagem clara e objetiva".

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

INVESTIGADA A ASSOCIAÇÃO

"Quanto ao mérito da representação, foi noticiado que a empresa Manchester Vídeos Produções Ltda. (TV Jornal da Cidade) teria recebido diversos pagamentos pela realização de serviços de publicidade para veiculação de inserções em radiodifusão pela SECOM (Prefeitura de Joinville), mas as veiculações teriam sido realizadas pela empresa Rádio Floresta Negra Ltda. (Nativa FM 103,1), bem como a empresa contratada para realizar os serviços de publicidade da Prefeitura seria a D/Araújo Comunicação. Os representantes apresentaram notas fiscais, comprovantes, bem como uma série de documentos, fl. 07/187. A análise perfunctória realizada pela área técnica (fls. 191/195), levou à conclusão de que há necessidade de apuração dos fatos relacionados à suposta associação das empresas Manchester Vídeo Produções Ltda. e pela Rádio Floresta Negra, na condição de veículos de comunicação.’’

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

MARCÃO X VEREADORES

Condicionado o conhecimento da representação ao cumprimento da diligência, a cargo dos representantes, para que tragam aos autos cópias do documento oficial com foto, sob pena de extinção do feito. Diante do exposto, DECIDO por: 1. Conhecer da presente Representação, encaminhada a esta Corte de Contas pelo vereadores do município de Joinville, Ninfo König, Iracema do Retalho, Maurício Peixer, Odir Nunes, Tânia Larson e Rodrigo Fachini, acerca de possíveis irregularidades nas despesas com pagamentos de serviços de publicidade efetuados pela Prefeitura de Joinville, por intermédio de sua  Secretaria de Comunicação.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

MP DE JOINVILLE

Sobre o mesmo tema o Ministério Público de Joinville através da 13ª Promotoria já vem investigando a relação Comunicação da Prefeitura, Floresta Negra-Nativa e TV A Cidade, com inquérito instaurado, pela suspeita de fraude nas notas e empenhos de publicidade, via Inquérito Civil n.06.2020.00014-4.

MINISTRO

O Jornalista Marco Aurélio Braga, o Marcão, era tido como um dos homens fortes do prefeito Udo ao lado do secretário Miguel Bortolin.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

TUDO EM CASA

Marcão deixou Udo para ser o assessor de imprensa na campanha a prefeito do deputado Fernando Krelling numa demonstração da conexão com o prefeito.

QUER DISTÂNCIA

Publicamente, até em entrevistas, o deputado Fernando Krelling tem garantido que "Udo é Udo, eu sou eu’’,  tentando desatar o cordão politico umbilical.

ENQUANTO ISSO, EM ARAQUARI

Ministério Público pede a indisponibilidade dos bens:

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO    

CHAPA PURA

A informação é do ex-vereador Levi Riochi, pré-candidato a prefeito pelo Democracia Cristã. O Partido vai para a disputa com chapa pura.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

DALMO, POLICLINICA, ELEVADOS

Pré-candidato a prefeito de Joinville, o médico Dalmo Claro, PSL, defende a instalação de uma policlínica no município para atender os casos de pequena e média complexidade. Quer também o avanço da cidade na instalação da necessária infraestrutura e diz não entender a falta de elevados em determinados pontos para desafogar o trânsito.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

CARGOS

Parece hilário mas tem procedência. A campanha nem começou e já tem gente fazendo apostas em determinados candidatos com a expectativa de ocupar cargos no futuro governo. Há candidato a diretor de comunicação da Câmara de Vereadores e a Secretário de Comunicação.

UM VOTO EM BRANCO

Na convenção do PSDB que escolheu o vereador Rodrigo Fachini para ser o candidato do partido, houve 47 votos para o eleito e um voto em branco.

Na convenção o vereador Odir Nunes abriu mão de disputar a indicação para concorrer a prefeito pela sigla.

TURISMO DOMÉSTICO

O pré-candidato a prefeito de Joinville pelo PP - Progressistas, Francesc Boehm, defende ser imprescindível adotar ações regionais, o que pode incluir desde roteiros até infraestrutura.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

"A retomada do Turismo a partir dos destinos domésticos é apontada como certa por estudos e especialistas e Joinville tem potencial para ser protagonista neste momento. Não existe Turismo isolado. Ele é fruto de uma atuação regional, utilizando os modais de transporte aéreo, rodoviário e ferroviário, aproveitando o que cada um desses municípios tem de melhor a oferecer", defende.

ATRAIR VISITANTES

O pré-candidato Francesc argumenta que a discussão de temas como a Baía da Babitonga, infraestrutura de estradas e segurança, além da problemática da Serra Dona Francisca são exemplos que devem ser trabalhados em conjunto para tornar a região ainda mais atrativa.

“Teremos ainda mais força para atrair visitantes se atuamos unindo o que temos de melhor em Joinville com o Litoral e a Serra”, acrescenta.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

JARAGUÁ FAZ EDITAL PARA NOVA EMPRESA DE ÔNIBUS

A prefeitura de Jaraguá do Sul vai realizar concorrência pública para nova empresa do transporte coletivo urbano. Inscrições abrem nesta quarta-feira, dia 2, com a publicação de edital.

Pelo edital, R$ 3,92   deverá ser o valor máximo da tarifa a ser cobrada do usuário do sistema.

ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

PENSANDO ALTO...

De forma impressionante e assustadora Joinville continua sendo epicentro do Coronavírus em Santa Catarina. Pelos dados da própria prefeitura, atingimos 265 óbitos  no total e sete nas últimas 24 horas. São vidas perdidas enlutando milhares de joinvilenses.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para ODIR DECIDE DEIXAR A VIDA PÚBLICA E NÃO CONCORRE A REELEIÇÃO

Enviando Comentário Fechar :/