Turismo

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

RODRIGO COELHO É ESCOLHIDO COMO O QUINTO MELHOR DEPUTADO DO PAÍS.

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM "OPERAÇÃO PADRÃO"

Os policiais civis de Santa Catarina estão descontentes com a possibilidade da aprovação da Reforma da Previdência que já tramita na Assembléia Legislativa do Estado.

Em reunião extraordinária, realizada de forma online no inicio da semana, a Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Adepol/SC) aprovou um pacote de medidas que chamou de "Segurança em Alerta". Participaram mais de 200 associados. Tratam-se de ações, em forma escalonada, que a categoria vai adotar em protesto ao texto da Reforma da Previdência que o Governo de Santa Catarina encaminhará para a Assembleia Legislativa (Alesc) nos próximos dias.

Conforme a Adepol/SC, os policiais farão uma operação padrão, onde serão realizadas apenas atividades internas, ou seja, os policiais não irão cumprir intimações, fiscalizações da Covid-19, de jogos e diversões e mandados de prisão e de busca e apreensão.

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

DEVOLUÇÃO DOS COLETES

Ficou ainda definido que a PC de Santa Catarina não irá participar da operação denomiada "Narcos". Os policiais ainda irão devolver, ao Governo do Estado, os coletes balísticos e algemas acauteladas aos policiais civis. Os profissionais de base da Polícia Civil, agentes, escrivães e psicólogos manterão os protestos até que haja uma definição do Estado, acerca do texto final a ser apresentado à Alesc.

A presidente da Adepol/SC, Vivian Selig, disse, em vídeo publicado nas redes sociais, que a categoria não está solicitando qualquer privilégio, apenas justiça e dignidade a cada policial que coloca a sua vida em risco em cada operação, em cada plantão e abordagem policial.

ESTADO DE ATENÇÃO

Segundo ela, não há qualquer sinalização para um transição justa e uma idade mínima, por uma pensão por morte digna aos familiares do policial que morre em decorrência da sua atividade, e finalizou: "A segurança pública do Estado de Santa Catarina está em estado de atenção.

 

GARANTIA DE PARIDADE

De acordo com o portal Engeplus, a categoria pede que na reforma seja garantida a paridade (replicar o reajuste de policiais da ativa) e integralidade (aposento com o mesmo valor da última remuneração) de salários na aposentadoria.

Segundo a Associação de Agentes de Polícia Civil de Santa Catarina (Agepol-SC) a proposta do Governo do Estado retira esses direitos para os policiais que ingressaram depois do ano de 2003. Para a presidente da entidade, Cristina Feijó, esses direitos os policiais militares de Santa Catarina já têm e de outros Estados também conseguiram.

PENSÃO POR MORTE

Outro ponto reivindicado pelos policiais civis diz respeito a pensão por morte. O texto da reforma prevê que o parceiro do policial receba 50% da pensão mais 10% por dependente, diferente de bombeiros e policiais militares que não entraram na Reforma da Previdência e cujas famílias têm direito a pensão por morte integral.

"Existe uma diferenciação dos benefícios para diferentes forças de seguranças, mas os policiais civis também fazem trabalho de polícia, cumprem mandados de prisão e apreensão, realizam operações contra tráfico de drogas. Temos os mesmos riscos", salientou Cristina.

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

PARALISAÇÃO TOTAL

O assunto voltou a ser debatido em reunião com representantes do Governo de Santa Catarina na tarde desta quarta-feira, dia 23. Caso não haja um acordo, ela disse que a categoria pode paralisar completamente as atividades. "Não está descartada a possibilidade de uma paralisação", admitiu a Agepol-SC.

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

RODRIGO COELHO É RECONHECIDO COMO O MELHOR PARLAMENTAR DE SC E O 5º MELHOR DO BRASIL

O Deputado Federal Rodrigo Coelho (SC) foi reconhecido pelo Ranking dos Políticos como o 5º melhor parlamentar do Brasil. O placar nacional abrange os quase 600 mandatários do Congresso Nacional. No ranking estadual, o catarinense ocupa o 1º lugar da bancada federal. Nos anos de 2019 e 2020, Coelho também foi premiado pelo Ranking por contribuir com o desenvolvimento do país no Parlamento. 

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

"Tenho muito orgulho desse reconhecimento. É o resultado do compromisso que assumi na urna com cada um que confiou no nosso trabalho", afirma Rodrigo Coelho. "O trabalho como político não é fácil. Envolve muita renúncia e dedicação e às vezes somos criticados injustamente. Mas poder ajudar minha cidade e meu Estado e lutar por um Brasil de oportunidades é o que nos motiva a seguir em frente com a consciência tranquila e muita responsabilidade", acrescenta.

CONTRA PRIVILÉGIOS POLITICOS

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

O Ranking dos Políticos usa diversos critérios para avaliar todos os Deputados e Senadores em pautas de interesse do Brasil, como as reformas que já foram aprovadas e ainda estão em debate. As pautas de combate à corrupção e privilégios políticos também são analisadas, assim como, as ações de cada parlamentar pela economia dos recursos públicos.

Todos os critérios e o placar completo podem ser conferidos no site politicos.org.br.

POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM  DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para POLICIAIS CIVIS DE SANTA CATARINA MOSTRAM DESCONTENTAMENTO E AMEAÇAM COM ‘’OPERAÇÃO PADRÃO’’

Enviando Comentário Fechar :/